Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

Faz valer a pena

Há momentos que tu não controlas. Acontecimentos que não querias que acontecessem. Foiram inevitáveis. Parecia que tudo estava a dar errado. Nada estava a correr como desejavas, e por mais tentativas de força de vontade, a tua ansiedade, a pressão que colocaste em cima e o esquecimento de todo o reconhecimento que tinhas até então foi-se.  Deixaste de acreditar em ti, e levaste a pena para reflectires, a pena para descansares, a pena para te encontrares e aprenderes mais uma lição para o teu crescimento e construção.  Valoriza-te, acredita em ti, concentra-te no momento e não no depois. Surpreende-te, não tenhas medo do que vem aí. Deixa ir e aproveita a oportunidade para evoluíres, cresceres e amadureceres com a responsabilidade de ser tu.  Faz valer a pena.

Tag - " The Me Time" (Meu momento)

1. O que é assistes ou lês?  Normalmente, alguma serie portuguesa que tenha muita vontade de ver, ou vídeos no youtube. Não leio muito ultimamente. 
2. O que gostas de vestir? Roupa normal gosto é de calçar os chinelos de quarto.
3. Quais são os produtos de beleza que usas? Lavo a cara com água, posso passar algum esfoliante mas é raro, e ponho um creme hidratante. 
4. Qual é o teu verniz preferido?  Atualmente não tenho.
5. O que é que comes ou bebes no teu momento? Torradas ou panquecas e chá.
6. Qual a tua vela preferida atualmente? Baunilha.
7. Para onde vais? Para o quarto. 
8. Irias ao cinema sozinha? Sim, já fui uma vez :p 
9. Quais são as tuas lojas virtuais preferidas? Não tenho. 
10. Compartilhe um segredo ou uma coisa que você gosta de fazer? Tomar um banho em que eu possa passar algum tempo na água.

Cozinha, Inglês e Exercício Físico

A vida é uma correria. Empenho-me em tudo que me obriga a sair de casa e mostrar que sou capaz. Hoje venho falar de três áreas que quero melhorar o meu empenho e o meu conhecimento. Há anos que ando a tentar mas sinto que ainda não dei o melhor de mim para me sentir concretizada, talvez por falta de motivação, talvez por ainda não sentir a necessidade absoluta de saber e fazer, talvez por me acomodar, preguiçar e deixar o tempo passar. 
Sempre comi comida saborosa, com poucos condimentos é verdade, mas os necessários para me saber bem, as refeições feitas pela minha mãe ou arroz com atum do meu pai foram o suficientes para não sentir necessidade de experimentar. Com entrada na universidade, obriguei-me a saber o básico, arroz, massa e batatas e depois algo grelhado, frito ou cozido. Tudo muito simples, nada de muito complicado. Não sou pessoa de comer a comida salgada, por isso deito sempre o sal a medo, e é rara a vez que acerto (para mim está bom, mas para o resto do mundo esta ins…

Dar asas as palavras ..

A beleza das palavras está nos sentimentos que queremos transmitir com elas. Cada uma tem o seu significado, mas a forma como a entoamos transmite sensações aos outros. Deixam de ser só palavras, são mais e mais que isso. Quero voltar a brincar com elas, usufruir para dar largas a pensamentos que até então me têm feito crescer. O ano que passou deixou-me sem palavras por todas as coisas novas que se passaram, perdi um pouco este sentido de escrever, mas quero voltar a sentir o prazer com regularidade, transmitir a minha opinião, contar um episódio ou dar um conselho com algo que aprendi. Quero seguir em frente em tudo o que me está a desenvolver como jovem adulta, levando o que sou e o que fui a partir das raízes daqui.