Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

Bullying

Não sei muito bem por onde começar. Reflecti muito sobre isto esta semana. Não sei que palavras vou usar. Enquanto vivi a minha vidinha esta semana ocupada com os meus trabalhos e testes, este país discutiu o Bullying. As noticias fizeram-se chegar nos pequenos tempos que parei na cozinha para fazer o meu jantar. Vi uma quantidade de videos de pessoas no youtube abordar este tema. A contar que já fizeram ou que já foram vitimas. Eu a ouvi-los, comecei a refletir se já alguma vez me tinha sentido assim.  A situação mais próxima que vive deste Bullying que se fala agora, foi quando estava no 9º ano, uma rapariga veio ter comigo, perguntar-me porque que tinha falado mal dela, eu na minha inocência dizia que não o fiz, e la deu-me uma chapada e começou a rir-se para os amigos. Entretanto percebi que ela o tinha feito a mais gente, e só veio ter comigo porque um dos amigos dela, não ia com a minha cara nem eu com a dele. Nesse dia, comecei a chorar perto da sala que ia ter aulas a seguir.…

Amizade

Para mim um amigo, é tudo e apenas isto. 

Pequeno cúmplice, Em momentos rodeados de multidões com um pequeno olhar conseguimos comunicar. Estar atento e saber interpretar inconscientemente pequenos sinais e tons das palavras. Companheiro de assuntos sem sentido, Bolo de amêndoa, viagem Atlantida, discussão sobre as novelas da noite, vai nos unindo. Orador dos desabafos, Chorar, berrar, apenas falar, estar lá, querer ouvir. Sinceridade que doí, Apenas a verdade. Sobreviventes à distancia, Fácil ser companheiro quando fazemos as mesmas coisas, difícil é estar afastado devido a caminhos diferentes e tudo continuar igual. É uma prova tão grande. Lideres de gargalhada, Sorrisos, risos e mais sorrisos de piadas e ironias sem maldade.  E por ultimo Confiança pela lealdade, Amizade é firmemente amizade se confiança for a lealdade de igual para igual. 

Etapas da Vida

É engraçado esta coisa da vida. Consiste em respirar, dormir quase todos os dias, ficarmos afectados com vírus ou bactérias de vez em quando. Crescer em tamanho, sentir problemas, stressar, aumentar o conhecimento, tomar banho, tomar banho é importante e criar personalidade com valores e princípios que nos foram incutidos. Passamos por fases pré-previstas, e todos temos maneiras de reagir à mesma coisa. Somos bichinhos frágeis, corremos para o colo dos pais, toda, toda a vida.  Está escrito em livros que vivemos etapas, eu com 18 anos sinto-me numa transição de etapas. Quando era mais nova, uma pessoa com 18 anos aos meus olhos era muito adulta, até que me aproximei desta idade, e percebo que a criança em mim continua, apenas deixou de brincar com bonecas. O brilho em abraçar um peluche ficou mais pequeno, contudo continuo adorar observa-los. Ao vestir roupas a bonecas continuo a fazer como em pequena, cabeça para baixo e toca a vestir. Lembro-me de ter 10 anos e a minha mãe dizer qu…

Catarina e o Mundo ' Abril 2015

Para terem uma pequena noção, nem notei que abril acabou. Abri agora o meu blogue, olhei para o calendário e percebi que já estamos no terceiro dia de maio. Coisas que acontecem. Se Março foi o mês do verbo partir objetos, abril é o mês dos sentimentos. O mês que senti que este ano é tudo há base do choque que as coisas acontecem na minha vida. Não foi um mau mês em termos materiais, as coisas foram correndo e tive vários dias que me ri e diverti. Consegui tirar uma boa noto anatomia e superei cada obstáculo que acorreu.
O que vos posso dizer é que foi um mês de reflexão sobre o amor e amizade. Como entrei para universidade sem conhecer ninguém, estes meses tenho conhecido muitas pessoas, e vivendo fora de casa fui-me habituando a elas a ponto de quase as considerar a minha família fora de casa. Houve uns dias que me senti muito sozinha. No meio de tanta matéria, tantos trabalhos, as pessoas convivem a volta de tudo isso, e acabam por não conhecer o lado interior das pessoas. Senti q…