Pular para o conteúdo principal

Um desabafo ☮

Por vezes tento convencer-me que o coração não manda e que é o cérebro que controla. Mas o coração consegue ser muito mais forte.
E hoje cheguei a conclusão que não vou andar atrás de uma pessoa que simplesmente se “esqueceu” de tudo o que passamos e não se importa minimamente como estou.
Custa-me dizer isto. Já ouvi todas as versões possíveis sobre o assunto. Já fui criticada. Já tentei voltar atrás. Já ouvi que era melhor esquecer-te e que eu para ti não vali nada! Que só me usaste e agora deitaste ao lixo! Eu não queria acreditar. E passei semanas a pensar nisto. Não sabia para onde me virar. Farta de ouvir vozinhas a dar as suas opiniões e a estragar os meus dias preciosos, em que podia ter aproveitado as horas e não o fiz, por estar sempre a pensar no mesmo.
O coração dizia-me que tinha que voltar a tentar. Mas uma coisa eu tinha a certeza. Sentir que és a “luz do meu dia” nunca mais ia acontecer. Porém nunca deixaste, nem vais deixar de ser importante! Nas últimas semanas tentei puxar pela amizade. Mas acho que vamos ficar por conhecidos.
Não sei se é o que querias, mas deste-me mesmo a entender que agora não passo de uma “conhecida”.
E eu estou a cansar-me disto. Estou cansada de dar tanta importância. E com estas tentativas todas, o meu coração agora diz-me para parar. Para deixar que sejas tu a tomar iniciativa se quiseres. Se não quiseres é porque não eras minimamente importante para o meu futuro. Acredito que as coisas não acontecem por acaso.
Ultimamente com o passar dos dias a minha alegria de viver vai voltando.
Ser feliz é a próxima tarefa da minha agenda, e a tristeza já foi cumprida!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Motivação, Frustração e Conflito.

A motivação é o que leva o sujeito a agir,  a iniciar um ação, continuar ou acabar. É o motor de todos os nossos comportamentos. As atitudes e os comportamentos são determinados pela motivação. Isto é um processo dinâmico, há que ter em conta as diferenças individuais e os motivos que regem as ações das pessoas. Vem da necessidade, da carência e da ausência de, do estado interno da pessoa que resulta dessa necessidade, do impulso que serve para satisfazer as necessidades fisiológicas básicas (como comer, beber, dormir) e do instinto (padrões de comportamento hereditários). A motivação vária com o contexto, tarefa, a orientação e a intensidade. Tem factores intrínsecos (características interiores do individuo) e extrínsecos (ambiente, como frio e sol). Os extrínsecos podem ser factores do acaso, ou seja não planeados ou factores contingentes (previsíveis). Podem ainda ser individuais (relacionados com a sobrevivência não aprendida) ou sociais (aprendidos através das interacções sociai…

Apenas conversar.

Hoje vim contar-vos um pouco da minha forma estranha de ser. Conheço algumas pessoas com estar forma de viver no mundo e confesso que tenho alguma dificuldade em lidar com elas por serem tão parecidas comigo, com as outras também, mas pronto. Chamo-lhe síndrome da escassez de palavras. Tenho dificuldade em falar com pessoas que falem muito e não sabem ouvir. Gente que gosta muito de falar, que tem assunto sobre tudo, mas só se quer fazer ouvir. Acabo por olhar para o horizonte e responder com poucas palavras monossilábicas. Algumas fazem-me sentir que o que estou a fizer não tem interesse nenhum. Se eu tento criar assunto com alguém e recebo desprezo vou deixar de ter vontade de interagir e comunicar com essa pessoa. Por vezes, tenho alguma vergonha de me mostrar, dá-me para medir as palavras, por não saber exactamente ideia que a pessoa tem de mim ou simplesmente por achar que essa pessoa tem uma ideia errada acerca deste ser, não me sinto à vontade com a pessoa e só me apetece fugi…

Retrato da semana #2

Imagem retirada: Facebook - Cifras