Pular para o conteúdo principal

Perguntas a mim mesma :)

* Para passar um pouco do tempo desta tarde no sofá decidi responder a umas perguntas!

1. Cidade ou Campo?
Prefiro cidade, sou uma menina da cidade com origens no campo. Gosto do campo mas por um curto período de tempo.
2. Cor preferida? 
Azul.
3. Bebida? Comida? 
Nesta é mais fácil dizer o que não gosto.
4. País? Continente?
Cabo verde, porque sim. Em continentes não tenho preferência, adorava visitar todos.
5. Praia ou Piscina? 
Praia, adoro tudo que tenha haver com praia, e detesto tudo que tenha haver com piscinas publicas no verão. Sou um bocadinho alérgica a relva.
6. Desporto?
Ténis, não dou uma para a caixa, mas adoro.
7. Musica...
Em termos de música não sou esquisita no estilo, sou bastante versátil, no entanto necessito que o vocalista tenha uma boa voz.
8. Uma boa conversa...
Comigo acontece quando sinto que posso dizer o que quiser que não vou ser julgada.
9. Se ganhasse 300.000€
Doava  um quarto do dinheiro a uma instituição. Usa outra parte para comprar uma casa, com muito terreno. E fazia uma viagem.
10. Um sorriso... 
Pode mudar o dia de alguém.
11. Qual é a parte do homem mais interessante?
Pode parecer parvo, mas para mim a postura das costas é muito importante e o olhar também.
12. Nunca dizia não...
A muita coisa mesmo, mas por exemplo a uma volta a cavalo. Além disso, raramente digo não seja ao que for e isso, por vezes prejudica-me.
13. A vida em 3 palavras:
Ama, crê, vai.  
14. Momento de felicidade...
Quando acordo a meio da noite e percebo que ainda posso dormir mais.
15. Fruto Preferido?
Uvas sem duvida.
16. Uma celebridade? 
Admiro bastante a Sílvia Rizzo.
17. Filmes?
Que tal, ' Um amor para recordar ' ou ' My girl ' foram os que mais gostei de ver nos últimos tempos.
18. Livros? 
Tenho curiosidade em ler ' A culpa é das estrelas '. O melhor livro que li até hoje foi o ' Beijo encantado ' de  Eloisa James.
19. O que mudava em mim...Muita coisa mesmo, mas só tenho é que me aceitar. ' se eu não gostar de mim, quem gostará? '
20. Telemovél?
Gosto de o ter perto de mim, não sinto necessidade de ter um novo, este serve perfeitamente. Já o usei mais, e sou apaixonada pelo despertador com o som do galo. Serve basicamente para marcar planos e filmar coisas importantes para depois recordar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Motivação, Frustração e Conflito.

A motivação é o que leva o sujeito a agir,  a iniciar um ação, continuar ou acabar. É o motor de todos os nossos comportamentos. As atitudes e os comportamentos são determinados pela motivação. Isto é um processo dinâmico, há que ter em conta as diferenças individuais e os motivos que regem as ações das pessoas. Vem da necessidade, da carência e da ausência de, do estado interno da pessoa que resulta dessa necessidade, do impulso que serve para satisfazer as necessidades fisiológicas básicas (como comer, beber, dormir) e do instinto (padrões de comportamento hereditários). A motivação vária com o contexto, tarefa, a orientação e a intensidade. Tem factores intrínsecos (características interiores do individuo) e extrínsecos (ambiente, como frio e sol). Os extrínsecos podem ser factores do acaso, ou seja não planeados ou factores contingentes (previsíveis). Podem ainda ser individuais (relacionados com a sobrevivência não aprendida) ou sociais (aprendidos através das interacções sociai…

Retrato da semana #2

Imagem retirada: Facebook - Cifras

Apenas conversar.

Hoje vim contar-vos um pouco da minha forma estranha de ser. Conheço algumas pessoas com estar forma de viver no mundo e confesso que tenho alguma dificuldade em lidar com elas por serem tão parecidas comigo, com as outras também, mas pronto. Chamo-lhe síndrome da escassez de palavras. Tenho dificuldade em falar com pessoas que falem muito e não sabem ouvir. Gente que gosta muito de falar, que tem assunto sobre tudo, mas só se quer fazer ouvir. Acabo por olhar para o horizonte e responder com poucas palavras monossilábicas. Algumas fazem-me sentir que o que estou a fizer não tem interesse nenhum. Se eu tento criar assunto com alguém e recebo desprezo vou deixar de ter vontade de interagir e comunicar com essa pessoa. Por vezes, tenho alguma vergonha de me mostrar, dá-me para medir as palavras, por não saber exactamente ideia que a pessoa tem de mim ou simplesmente por achar que essa pessoa tem uma ideia errada acerca deste ser, não me sinto à vontade com a pessoa e só me apetece fugi…