Pular para o conteúdo principal

Duvidas por medos.

E de um momento para o outro tudo se complica. Cresci com o intuito de tirar boas notas para ter um bom emprego que não exigisse grande esforço físico da minha parte, como trabalhar numa fabrica ou ser empregada de limpeza. Mas o trabalho não me mete medo.
Podia ter o futuro feito se fosse para trás de uma secretária arquivar papeis, mas acho que posso fazer mais que isso.
Se lês o que costumo escrever sabes que a área que me vejo é saúde. Mais precisamente reabilitação psicomotora, que é o curso mais próximo daquilo que sempre me imaginei.
Há alguma coisa aqui dentro que me diz que é o tal, mas diz também que vou ter que lutar contra muito preconceito.
Tenho sentido que com o problema de saúde que tenho não o vou puder fazer. Sempre pratiquei muito exercício físico, mas tenho alguma dificuldade em fazer certos movimentos, não por falta de força ou por aguentar  pouco tempo, mas por as minhas articulações não permitirem. Mas eu e as pessoas fazemos um bicho de sete cabeças. Se eu não te disser, tu nunca vais reparar. Acredito que há por aí muita gente que não chegue com as mãos aos pés ou  não faça a espargata.
Este assunto aqui em casa têm incomodado, sinto os meus pais tristes por me ver com estas duvidas, e capazes de me ajudarem em tudo, só por isto obrigada.
Este ano, foi o primeiro ano em que uma professora de Educação Física não me fez sentir diferente como aconteceu em todos os outros anos sem exceção. Mostrou-me que era como todos os outros, mudou a minha opinião sobre mim e aceitar isto.
Eu tenho muita vontade de parar de pensar nisto e ir sem medos. Não vai ser por falta de trabalho que não vou conseguir as coisas, eu conheço todos os meus limites físicos e psicológicos eu sei do que sou capaz.
Se alguém tem que fazer 1 hora de treino alguma coisa eu precisar de 3horas, eu faço 4, posso ser uma pessoa com medo de começar, mas depois lá estar ninguém me verá a desistir.
Eu não quero ser atleta, eu quero ser psicomotrista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Motivação, Frustração e Conflito.

A motivação é o que leva o sujeito a agir,  a iniciar um ação, continuar ou acabar. É o motor de todos os nossos comportamentos. As atitudes e os comportamentos são determinados pela motivação. Isto é um processo dinâmico, há que ter em conta as diferenças individuais e os motivos que regem as ações das pessoas. Vem da necessidade, da carência e da ausência de, do estado interno da pessoa que resulta dessa necessidade, do impulso que serve para satisfazer as necessidades fisiológicas básicas (como comer, beber, dormir) e do instinto (padrões de comportamento hereditários). A motivação vária com o contexto, tarefa, a orientação e a intensidade. Tem factores intrínsecos (características interiores do individuo) e extrínsecos (ambiente, como frio e sol). Os extrínsecos podem ser factores do acaso, ou seja não planeados ou factores contingentes (previsíveis). Podem ainda ser individuais (relacionados com a sobrevivência não aprendida) ou sociais (aprendidos através das interacções sociai…

Apenas conversar.

Hoje vim contar-vos um pouco da minha forma estranha de ser. Conheço algumas pessoas com estar forma de viver no mundo e confesso que tenho alguma dificuldade em lidar com elas por serem tão parecidas comigo, com as outras também, mas pronto. Chamo-lhe síndrome da escassez de palavras. Tenho dificuldade em falar com pessoas que falem muito e não sabem ouvir. Gente que gosta muito de falar, que tem assunto sobre tudo, mas só se quer fazer ouvir. Acabo por olhar para o horizonte e responder com poucas palavras monossilábicas. Algumas fazem-me sentir que o que estou a fizer não tem interesse nenhum. Se eu tento criar assunto com alguém e recebo desprezo vou deixar de ter vontade de interagir e comunicar com essa pessoa. Por vezes, tenho alguma vergonha de me mostrar, dá-me para medir as palavras, por não saber exactamente ideia que a pessoa tem de mim ou simplesmente por achar que essa pessoa tem uma ideia errada acerca deste ser, não me sinto à vontade com a pessoa e só me apetece fugi…

Retrato da semana #2

Imagem retirada: Facebook - Cifras