Pular para o conteúdo principal

50 factos sobre mim em 2015

Oi oi ! Para manter a tradição, hoje faz mais um ano que escrevi os 50 factos sobre mim em 2014, e outros em 2013, blá blá blá. Vamos ver o que vai sair daqui este ano. Isto vai demorar. E como tal a minha vizinha está a fazer uma festa na sala.


1. Por incrível que pareça foi o ano que mais publiquei no blogue.
2. Mudei-me de malas e bagagens para uma das residenciais da universidade.
3. Fiz todas as disciplinas do primeiro ano.
4. Perdi um pouco o vicio de comer chocolate, apesar de adorar.
5. Os meus dotes culinários não evoluíram muito, apenas aprendi a fazer arroz de frango e mexer no forno.
6. Este ano parti montes de coisas, pratos, copos, canecas, telemóveis e uma mesa.
7. Fiz a praxe até ao fim sem faltar nenhuma vez, passei na tribuna e passei a moliça (atualmente sou caniça).
8. Fui a entrega de diplomas da escola secundária onde andei pela média que tive no 12º ano.
9. Guardo com muito carinho a semana académica e tudo que aconteceu naqueles dias.
10. Fiz a primeira punção venosa da minha vida a um rapaz da minha turma.
11. As minhas crianças foram à primeira comunhão e este ano dou catequese ao primeiro ano.
12. Fiz voluntariado no verão com doentes neuromusculares, aprendi muito, adorei a experiência.
13. Deixei de ter vergonha se me abordarem sobre as minhas cicatrizes. Já consigo abordar o assunto sem vontade de fugir ou chorar.
14. Passei bons momentos com a minha avó. Infelizmente já não está cá, mas estará sempre comigo.
15. Tenho grandes amigos que não me deixaram cair.
16. Prefiro fazer viagens de comboio sozinha, é o tempo que eu tenho para fechar os olhos e relaxar.
17. Em Campanhã encontro sempre gente que conheço.
18. Pinto as unhas quando estou de férias.
19. Consigo escrever no computador sem olhar para o teclado ou ecrã.
20. Comecei a tirar a carta e já tenho o código feito.
21. Fizeram-me um jantar de aniversário surpresa <3
22. Senti o espírito natalício.
23. Cortei o cabelo em Setembro e gostei, cortei de novo agora em Dezembro e não gostei.
24. Ganhei um carinho especial por pessoas que nunca pensei que fossem se tornar tão importantes para mim.
25. Participei no programa de acolhimento da universidade com um amigo.
26. Tive conversas bastante interessantes com a médica de família.
27. Facilmente identifico a aura e o a vontade das pessoas.
28. Fiz poucas vezes, mas gosto muito de fazer desporto.
29. Não gosto muito de sair a noite.
30. Gosto de ver programas da RTP, como por exemplo 'Portugueses pelo mundo'.
31. Joguei SIMS no dia de natal, deu para matar as saudades, agora só para o final do ano que vem.
32. Comecei a conviver com pessoas mais velhas do que eu, mais do
que estou habituada.
33. Adoro conversar com pessoas de outras culturas.
34. Conduzi o carro do meu pai, ou seja, o carro que me viu nascer.
35. Vou ao tumblr para ver se  me obrigo a traduzir coisas em inglês.
36. Não consigui tirar o curso de inglês como queria, não encaixava no tempo.
37. Estão sempre a dizer que eu não como nada, e eu respondo que como o suficiente quando tenho fome.
38. Tenho me apercebido que o apoio dos meus pais é fundamental para o meu percurso.
39. Meço um 1.56 e peso 49 quilos.
40. No verão gosto de dormir só de camisola e cuecas.
41. Fui acampar com as minhas amigas ao mesmo sitio do ano anterior.
42. Participo no programa de tutoria da universidade como tutora de quatro meninas.
43. Fiz a promessa do mindinho um com umigo que me obriga a ir todas as fainas possíveis.
44. Adorei oferecer prendas de natal a pessoas que não contavam que lhes oferecesse.
45. Esqueci-me de dizer que já tenho 19 anos.
46. Ver vídeos no youtube é o meu passa tempo.
47. Andei sempre na correria mas dá-me mais gosto assim.
48. Não me vou esquecer que sacos ervilhas pré congeladas diminuem o edema mamário. (lição da avaliação da maternidade).
49. Guio muito das minhas decisões por aquilo que estou a sentir.
50. Foi um ano bom, aprendi imenso. Descobri muito de mim para o bom e para o mau. Cresci, evolui. Obrigado <3

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Motivação, Frustração e Conflito.

A motivação é o que leva o sujeito a agir,  a iniciar um ação, continuar ou acabar. É o motor de todos os nossos comportamentos. As atitudes e os comportamentos são determinados pela motivação. Isto é um processo dinâmico, há que ter em conta as diferenças individuais e os motivos que regem as ações das pessoas. Vem da necessidade, da carência e da ausência de, do estado interno da pessoa que resulta dessa necessidade, do impulso que serve para satisfazer as necessidades fisiológicas básicas (como comer, beber, dormir) e do instinto (padrões de comportamento hereditários). A motivação vária com o contexto, tarefa, a orientação e a intensidade. Tem factores intrínsecos (características interiores do individuo) e extrínsecos (ambiente, como frio e sol). Os extrínsecos podem ser factores do acaso, ou seja não planeados ou factores contingentes (previsíveis). Podem ainda ser individuais (relacionados com a sobrevivência não aprendida) ou sociais (aprendidos através das interacções sociai…

Retrato da semana #2

Imagem retirada: Facebook - Cifras

Apenas conversar.

Hoje vim contar-vos um pouco da minha forma estranha de ser. Conheço algumas pessoas com estar forma de viver no mundo e confesso que tenho alguma dificuldade em lidar com elas por serem tão parecidas comigo, com as outras também, mas pronto. Chamo-lhe síndrome da escassez de palavras. Tenho dificuldade em falar com pessoas que falem muito e não sabem ouvir. Gente que gosta muito de falar, que tem assunto sobre tudo, mas só se quer fazer ouvir. Acabo por olhar para o horizonte e responder com poucas palavras monossilábicas. Algumas fazem-me sentir que o que estou a fizer não tem interesse nenhum. Se eu tento criar assunto com alguém e recebo desprezo vou deixar de ter vontade de interagir e comunicar com essa pessoa. Por vezes, tenho alguma vergonha de me mostrar, dá-me para medir as palavras, por não saber exactamente ideia que a pessoa tem de mim ou simplesmente por achar que essa pessoa tem uma ideia errada acerca deste ser, não me sinto à vontade com a pessoa e só me apetece fugi…