Pular para o conteúdo principal

Organização da mente atual.



Ando a precisar de organizar pensamentos, sentimentos, sensações, coisas dessas. Há uns meses pensava que apenas era racional que não ligava minimamente as emoções, digo de passagem que era muito mais fácil. Sinto que sou a mesma pessoa, mas com pensamentos diferentes. Bastava um rapaz olhar-me nos olhos que achava que estava apaixonada, a situação mudou. Tenho alguns amigos, e outros conhecidos e apenas com atitudes as pessoas me vão conquistando aos poucos. Facilmente as pessoas me desiludem não pelas atitudes que têm comigo, mas as que tem com outras pessoas. Antigamente importava-me demasiado com a palavra, tinham que cumprir com aquilo que diziam, se não, não ia confiar, ia descartar. Princípios que tinha, estes e outros, são a base, mas não são a pirâmide. Depois de um exame de psicologia e com aproximação de um de ética, estou totalmente capaz de frases tão celebres como anterior. Aprendi que confio aos outros aquilo que convém, e que posso contar pelos dedos das mão as pessoas que sabem tudo e mais um pouco de mim, há sempre algo que fica por saber. Há algo uma coisa que ainda não mudou. Se eu sentir algo por alguém, é o primeiro passo para não saber lidar com a situação. Eu gostava de lidar melhor com isto, por uma vez aceitar, por uma vez ter coragem e deixar-me ir. Tremer, fugir, não encarar é o meu comportamento defensivo da desilusão. Não sou uma pessoa fácil, apesar de acessível dependendo da hora do dia. Já disse que qualquer dia o mundo deixa de falar para mim, dificilmente eu dou atenção alguém que não seja obrigado a conviver comigo durante o dia. Não é por mal, mas em tempo de aulas parece que não tenho tempo para o mundo. Tenho vindo a reparar que só falo para as pessoas pela internet se as pessoas vierem falar comigo. Tenho saudades de me deitar no sofá, sem preocupações com tempo para me dedicar aos outros e pensar neles. Até lá, obrigada a quem ainda tem paciência para mim e me dirige a palavra. Por aqui fico, já me sinto melhor por escrever esta balburdia desorganizada que ia no meu cérebro. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Motivação, Frustração e Conflito.

A motivação é o que leva o sujeito a agir,  a iniciar um ação, continuar ou acabar. É o motor de todos os nossos comportamentos. As atitudes e os comportamentos são determinados pela motivação. Isto é um processo dinâmico, há que ter em conta as diferenças individuais e os motivos que regem as ações das pessoas. Vem da necessidade, da carência e da ausência de, do estado interno da pessoa que resulta dessa necessidade, do impulso que serve para satisfazer as necessidades fisiológicas básicas (como comer, beber, dormir) e do instinto (padrões de comportamento hereditários). A motivação vária com o contexto, tarefa, a orientação e a intensidade. Tem factores intrínsecos (características interiores do individuo) e extrínsecos (ambiente, como frio e sol). Os extrínsecos podem ser factores do acaso, ou seja não planeados ou factores contingentes (previsíveis). Podem ainda ser individuais (relacionados com a sobrevivência não aprendida) ou sociais (aprendidos através das interacções sociai…

Apenas conversar.

Hoje vim contar-vos um pouco da minha forma estranha de ser. Conheço algumas pessoas com estar forma de viver no mundo e confesso que tenho alguma dificuldade em lidar com elas por serem tão parecidas comigo, com as outras também, mas pronto. Chamo-lhe síndrome da escassez de palavras. Tenho dificuldade em falar com pessoas que falem muito e não sabem ouvir. Gente que gosta muito de falar, que tem assunto sobre tudo, mas só se quer fazer ouvir. Acabo por olhar para o horizonte e responder com poucas palavras monossilábicas. Algumas fazem-me sentir que o que estou a fizer não tem interesse nenhum. Se eu tento criar assunto com alguém e recebo desprezo vou deixar de ter vontade de interagir e comunicar com essa pessoa. Por vezes, tenho alguma vergonha de me mostrar, dá-me para medir as palavras, por não saber exactamente ideia que a pessoa tem de mim ou simplesmente por achar que essa pessoa tem uma ideia errada acerca deste ser, não me sinto à vontade com a pessoa e só me apetece fugi…

Retrato da semana #2

Imagem retirada: Facebook - Cifras